Raffiê: “O debate para prefeito em 2020 passa pela renovação”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O diretor da 4ª Ciretran de Caruaru, Raffiê Dellon, esteve na manhã desta quinta-feira (27) na CBN Caruaru e fez um balanço da gestão dele a frente do órgão. Dellon disse que deu uma nova cara a Ciretran e ainda não sabe se vai seguir a frente da entidade no novo governo Paulo Câmara, que inicia em 1º de janeiro de 2019.

“Vou esperar o chamado do deputado federal André de Paula, presidente estadual do PSD, que comanda a Pasta das Cidades, para que depois a gente possa avaliar essa possibilidade. Mas a gente devolveu protagonismo a Ciretran e fizemos isso também com a Jucepe anteriromente”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre o futuro político, Raffiê disse que existem duas possibilidades e não descartou uma possível candidatura a prefeito em 2020. “Tenho namorado politicamente com PSD e Novo. São dois partidos que debatem a política com seriedade. Vamos conversando para saber o que poderá ser feito. Tenho um grande respeito pelo deputado estadual Tony Gel e poderia ser candidato a deputado estadual esse ano, mas para não atrapalhar ele, não entrei na disputa. No entanto, uma coisa é certa, o debate para 2020 passa pela renovação”, garante.

Dellon voltou a subir o tom contra a prefeita Raquel Lyra. “Ela não estava preparada para ser prefeita e a gestão pífia é um exemplo disso. Sem falar que ainda mente para a população de Caruaru dizendo que entregou escolas novas. Muita coisa que ela fez em Caruaru é apenas continuidade do que fez o ex-prefeito José Queiroz. Isso não sou eu quem diz, bastas andar por Caruaru”, alfinetou.

Comentários

PUBLICIDADE