Queiroz critica cortes na educação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado estadual Zé Queiroz (PDT) ocupou a Tribuna da Assembleia Legislativa para se solidarizar aos cortes na educação pública do país, anunciados pelo governo de Jair Bolsonaro. O governo quer diminuir em 30% o orçamento das despesas descricionárias para o setor, o que irá inviabilizar o custeio de pesquisas de mestrado e doutorado e a manutenção de creches, institutos técnicos e universidades federais. O Instituto Federal de Caruaru, por exemplo, já anunciou que, se os cortes forem mantidos, irá encerrar o ano letivo no final de agosto.

“O grito da rua nos conforta. Foi um protesto necessário, para exigir respeito aos brasileiros e à educação pública no país”, afirmou Queiroz, comentando as manifestações que tomaram o país na última quarta-feira. O deputado também lamentou o processo eleitoral do ano passado, em que não houve debates e sobraram notícias falsas na internet. “Se tivéssemos discutido um projeto de país, sem que prevalecessem apenas as ideologias, não estaríamos assistindo a esse desfecho triste de uma democracia que se afirmava para o mundo”, destacou Zé Queiroz.

Comentários