Homem é acusado de prática de estelionato envolvendo o DETRAN de Caruaru

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um homem identificado como Cristiano Nascimento da Silva, de 33 anos, foi intimado pela polícia após ser acusado de aplicar golpes, em Caruaru. Várias pessoas formalizaram a denúncia na manhã da última quinta-feira (11), na 90ª Delegacia de Polícia de Caruaru.

De acordo com as informações, o criminoso se apresentava como assessor do diretor da 4ª CIRETRAN, Raffiê Dellon, ludibriava as pessoas dizendo que emitia a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em um período de 8 dias e sem o usuário precisar passar por nenhum procedimento em Auto-Escola, ou prova teórica e prática. Logo após o pagamento do dinheiro, Cristiano desaparecia e não atendia mais as ligações.

Várias pessoas foram formalizar Boletim de Ocorrência (BO) contra o suspeito. Os denunciantes do golpe são todos do município de Caruaru. Cristiano é natural da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, mas residente em Caruaru, onde aplicava os golpes de estelionato.

O diretor da 4ª CIRETRAN de Caruaru, Raffiê Dellon, se pronunciou através de Nota Oficial e revelou não conhecer o acusado e informou que não existe nenhum tipo de procedimento para emitir a CNH que não seja através de todos os requisitos legais exigidos por Lei. O acusado não exerce nenhuma função no órgão ou se quer existe relação de conhecimento sobre tal.

A CIRETRAN também informa que já deu início em todo o processo policial e jurídico sobre os golpes de estelionatos que estão sendo realizados utilizando o nome da instituição, e se coloca à disposição de todos os usuários penalizados para esclarecimentos e dúvidas.

Comentários

PUBLICIDADE