22 de maio de 2019

Notícias

Governo anunciará novos bloqueios no orçamento na quarta-feira, 22

O Orçamento passará por um novo desafio na próxima quarta-feira (22). Em meio à desaceleração econômica, a Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia anunciará mais um contingenciamento (bloqueio temporário de verbas) na nova edição do Relatório Bimestral de Receitas e Despesas.

Publicado a cada dois meses, o relatório traz as atualizações das estimativas oficiais para a economia brasileira e o impacto dela nas previsões de receitas e despesas. Com base nas receitas, o governo revisa as despesas para garantir o cumprimento da meta de déficit primário (resultado negativo das contas do governo excluindo os juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões e do teto de gastos federais.

Na última semana, o governo recebeu diversos sinais amarelos em relação à economia. O Boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central (BC), indicou que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) fechará o ano em 1,45%. A previsão deve baixar no próximo boletim, a ser divulgado na segunda-feira (20).

Outro alerta foi dado pelo Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, que funciona como uma prévia do PIB. Famoso por antecipar tendências da economia, o indicador fechou o primeiro trimestre com queda de 0,68% em dados dessazonalizados (que desconsideram as oscilações típicas de determinadas épocas do ano).

A desaceleração da economia reduz a arrecadação de tributos, impactando a receita do governo. A queda de receita deve ser parcialmente neutralizada pela alta no preço internacional do petróleo, que está no maior nível em sete meses. Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento na última terça-feira (14), o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, confirmou que o próximo relatório terá bloqueios adicionais de verbas.

No fim de março, a Secretaria Especial de Fazenda tinha anunciado o contingenciamento de quase R$ 30 bilhões do Orçamento. De lá para cá, o volume total bloqueado não foi alterado, mas o governo fez remanejamentos que retiraram recursos da educação e desencadearam uma onda de protestos na última quarta-feira (15) pela manutenção das verbas.

Pela lei, somente despesas discricionárias (não obrigatórias) podem ser contingenciadas. O volume de contingenciamento, no entanto, pode ser parcialmente reduzido se a equipe econômica reestimar reduções de gastos obrigatórios, geralmente reservas para cumprimento de decisões judiciais ou de gastos com o funcionalismo.

Os servidores da Prefeitura Municipal de Caruaru nascidos em maio estão convocados a realizar o seu recadastramento. Para isso, os aniversariantes do mês devem acessar o site oficial da Prefeitura e preencher os dados. Caso haja alguma alteração de informações, o servidor deve anexar o documento correspondente e, no final, deve imprimir a declaração de vínculo e apresentar-se ao setor de RH da sua secretaria entregando a declaração. Quem não se recadastrar poderá ter seu salário bloqueado.

O link para o recadastramento dos servidores públicos fica localizado na aba “Serviços on-line” > opção “Servidor” > Recadastramento Servidor, ou no endereço: recadastramento.caruaru.pe.gov.br.

O CaruaruPrev também está realizando a prova de vida dos servidores aposentados e pensionistas, de segunda a sexta, das 8h às 12h, na Avenida Rio Branco, 315, Centro Administrativo.

Central vence mais uma pela Série D

Na tarde deste domingo, 19, o Central fez mais um jogo, pela Série D, diante de sua torcida, no Lacerdão. A Patativa do Agreste, recebeu a equipe do Altos e venceu por 2×0.

Os gols foram marcados por Leanderson Polegar, aos 38′ do primeiro tempo e Fábio Neves aos 27′ da etapa complementar da partida.

 

Lula está apaixonado e vai casar, revela ex-ministro

Cristina Camargo – Folha de S.Paulo

O ex-ministro Luiz Carlos Bresser Pereira revelou no sábado (19), em uma postagem no Facebook, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está apaixonado e vai casar assim que sair da prisão.

A confissão de Lula foi feita a Bresser na última quinta-feira, durante uma visita na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR), onde o ex-presidente está preso desde abril do ano passado.

“Ele está em ótima forma física e psíquica”, escreveu Bresser no texto chamado “Visita a Lula na prisão”. Segundo o ex-ministro, a grande preocupação do petista no momento é com a defesa da soberania brasileira e sua maior demanda é “ter reconhecida sua inocência”.

Logo após escrever sobre as apreensões do ex-presidente, Bresser falou sobre o novo amor.

“Está apaixonado e seu primeiro projeto ao sair da prisão é se casar”, disse.

Segundo o jornalista Guilherme Amado, colunista da revista Época, a namorada visita Lula com frequência na cela da Polícia Federal e tem por volta de 40 anos. O ex-presidente tem 73.

Lula é viúvo há pouco mais de dois anos. A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva morreu em fevereiro de 2017, aos 66 anos, após um Acidente Vascular Cerebral.

Na entrevista concedida à Folha e ao jornal El País, em abril, o ex-presidente chegou a dizer que adoraria estar em casa com sua mulher, filhos, netos e companheiros.

No texto no Facebook, além de contar que o ex-presidente está apaixonado, Bresser afirma que o grande projeto de Lula é negociar um acordo nacional em defesa dos trabalhadores e das empresas.

“Foi uma honra ter sido convidado por Lula para visitá-lo”, diz o ex-ministro. “Ele estava mais interessado em discutir a crise atual do que ideias. Disse-me que quando sair da prisão vai me convidar para um almoço só para me ouvir falar sobre câmbio”.
Bresser deu ao ex-presidente o seu livro “A Construção Política do Brasil”, onde afirma que ele fez um belo governo, mas errou ao deixar o juro alto e o câmbio apreciado.

O ex-ministro defendeu a liberdade de Lula e afirmou que a política brasileira precisa de “um líder sem ressentimentos” e que lute por um grande acordo nacional necessário para o país sair da crise.

Alepe promoverá assembleia para discutir bloqueio de verbas por parte do Governo Federal

Foto: Luiza Alencar

Depois do anúncio de bloqueio de verbas por parte do Governo Federal, o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB) solicitou a realização de uma audiência pública na Assembleia Legislativa para debater o tema. O ato será na próxima segunda-feira (20), às 10h, no auditório Senador Sérgio Guerra. Os reitores das universidades públicas de Pernambuco confirmaram presença.

A reunião solicitada pelo deputado, junto com o deputado estadual Paulo Dutra, acontece por meio da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular, na qual o deputado é membro, em conjunto com a Comissão de Educação e Cultura. “Esse é movimento que planejamos para reunir professores, alunos, reitorias e legisladores, que entendem a dimensão da ação do Governo Federal frente ao ensino público. É o desmonte que impede a realização de pesquisas, de formação superior e relega à população a falta de oportunidade; além de impedir o desenvolvimento do País”, disse o líder do governo.

Como convidados, participarão do ato representantes das reitorias das instituições federais, a Associação dos Docentes do Estado, a União Nacional dos Estudantes (UNE), assim como outras representações estudantis. Os deputados Danilo Cabral e Túlio Gadelha também confirmaram presença na audiência.

“Nossa intenção é mobilizar as pessoas, a exemplo do grande ato nas ruas que tivemos no 15 de maio, para mostrar ao governo Bolsonaro que não vamos deixar ele seguir o plano de desmonte do nosso País e que a força do povo vai derrotar suas más intenções”, comentou Nascimento.

Menos verba – O Ministério da Educação do Governo Federal anunciou o contingenciamento de 30% no orçamento das instituições, o que compromete o funcionamento das unidades já a partir de setembro deste ano. Serão 80 mil pessoas afetadas pela intervenção. A Universidade Federal, Federal Rural e Universidade do Vale do São Francisco tiveram, juntas, somam R$99,8 milhões bloqueados pela ação do MEC.

No Estado, o ensino público acontece na Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Rural de Pernambuco, Universidade do Vale do São Francisco, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco e mais os Institutos Federais de Pernambuco.

Serviço:
Audiência Pública em Defesa do Ensino Público de Pernambuco
Quando: 20 de maio de 2019 (segunda-feira)
Horário: 9h às 12h
Local: Auditório Senador Sérgio Guerra (Alepe) – Rua da União, 439, Boa Vista

Solenidades marcam os 162 anos de Caruaru

Data também será celebrada com a realização do São João na Roça

Em alusão aos 162 anos de Caruaru, comemorados neste sábado (18), várias solenidades foram realizadas durante a manhã. Às 6h, a tradicional queima de fogos no Monte Bom Jesus deu início aos festejos do dia. Às 7h, foi realizado um passeio ciclístico saindo da estação ferroviária.
Às 7h30, o hasteamento das bandeiras foi realizado, no Palácio Jaime Nejaim, pela prefeita Raquel Lyra, o vice Rodrigo Pinheiro e pelo ex-governador do Estado, João Lyra Neto. A solenidade contou com a participação das bandas marciais Nova Euterpe, banda da Polícia Militar e a banda Comercial de Caruaru.

Em seguida, uma missa foi celebrada na Catedral Nossa Senhora das Dores, pelo bispo Dom Dino. Na ocasião, Raquel agradeceu a toda a equipe de secretários presentes na Igreja da Matriz e fez uma homenagem aos homens e mulheres caruaruenses. “O tema da campanha da fraternidade deste ano é políticas públicas e estamos gerindo uma cidade pautada nisso, queremos o melhor para os habitantes dessa terra”, comentou.

O corte do bolo, com extensão de 15 metros, foi realizado por vários membros da prefeitura, que estavam cercados da população e de autoridades. “Caruaru tem muitos motivos para comemorar. Estamos fazendo uma cidade mais bonita e justa para todos”, concluiu a prefeita.

Também estavam presentes nas solenidades da manhã, a deputada estadual Priscila Krause e o deputado federal Fernando Rodolfo.

As comemorações continuam, durante a tarde deste sábado, com o projeto “Caruaru em Movimento”, no Monte Bom Jesus. Além disso, no início da noite, será realizada a festa “São João na Roça”, em Itaúna.

Caruaru é mais que uma cidade, é um pedacinho de cada um de nós


Caruaru é mais que uma cidade, é um pedacinho de cada um de nós, caruaruenses.💞O orgulho que temos da nossa terra vem da união do nosso povo. Neste mês Caruaru está de parabéns pelos seus 162 anos.👏💚 ▶Dá play e confere nossa homenagem a essa terra tão amada.

Hospital Mestre Vitalino recebeu visita do secretário estadual de Saúde

Nesta última sexta-feira (17), durante passagem por Caruaru, o secretário estadual de saúde, André Longo, esteve no Hospital Mestre Vitalino (HMV) para visitar as instalações e o Centro de Oncologia inaugurado em dezembro de 2018. Essa foi a primeira visita do secretário que assumiu a pasta em janeiro deste ano. Durante o momento, André se mostrou surpreso com a estrutura da unidade e com os serviços que são ofertados para a população desta região.

“Ficamos felizes com a visita e recebemos com muita satisfação o secretário de saúde. Foi uma oportunidade de mostrar a nossa unidade em pleno funcionamento e apresentar o nosso serviço de oncologia que tem beneficiado os pacientes do interior”, explicou Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

Foto: Miva Filho

Edmilson do Salgado pode ser expulso do PCdoB

Por meio de nota o PCdoB confirmou que pode expulsar o vereador Edmilson do Salgado da legenda. A sigla faz parte da base de apoio a Paulo Câmara e Edmilson faz parte da base da prefeita Raquel Lyra, uma das principais opositoras ao governo do socialista em Pernambuco. O partido pediu que ele deixasse o governo local, o mesmo se negou e depois houve o pedido para ele deixar a legenda.

Edmilson também não seguiu a orientação e a comissão de ética da sigla foi instalada para apurar o caso. Ele está no terceiro mandato, todos eleitos pelo PCdoB e deve ser expulso da sigla. Segue a íntegra da nota:

Nota oficial

Em reunião realizada no dia 13 de abril de 2019, a direção municipal do Partido Comunista do Brasil – PCdoB em Caruaru, que contou com a presença do presidente estadual da sigla, Marcelino Granja, fez uma avaliação da situação política nacional, estadual e municipal ratificando o posicionamento de que o governo Bolsonaro não se identifica com a ideia de um Brasil para brasileiros e brasileiras, quando ignora a defesa da soberania nacional e imprime às camadas menos favorecidas o ônus de ações entreguistas e atabalhoadas que têm fadado o Brasil a um estado de retrocessos incomensurável.

Por sua vez, o PCdoB que preza por alianças comprometidas com o reestabelecimento da democracia e reorientação da nação brasileira para a retomada do desenvolvimento econômico e social, segue firme na defesa da construção e consolidação de uma frente ampla capaz de dar cabo aos desmandos instaurados pela onda conservadora em voga e hora representada pelo já enfadado bolsonarismo.

Na perspectiva de alianças, o PCdoB em Pernambuco segue firme na parceria com PSB do Governador Paulo Câmara, e dando sua contribuição na gestão ocupando a Vice Governadoria na pessoa da camarada Luciana Santos. Por sua vez, a prefeita do município de Caruaru Raquel Lyra segue na manutenção de oposição ao governo estadual e distante dos movimentos aglutinadores de forças de resistência aos retrocessos implementados pelo atual governo federal, inviabilizando a manutenção do apoio do PCdoB ao referido governo caruaruense.

Quanto a questões mais internas, o pedido de licenciamento de Lino Portela da presidência do partido em voga, quadro que prestou relevantes contribuições a sigla, derivou no estabelecimento de uma comissão pro tempore composta por Ailza Trajano, Sérgio Orobó e Agilson Nascimento, que dirigirá o partido em Caruaru até a conferência municipal na qual será eleita a direção para o biênio 2020-2021.

Ainda sobre questões internas, ressaltamos as dificuldades por parte do vereador Edmilson do Salgado quanto a introspecção da práxis do PCdoB o que desencadeou obstáculos importantes no processo, culminando com o descumprimento da orientação de ruptura do apoio ao governo local, tornando insustentável a sua permanência no partido. Procurando resolver a celeuma de forma amistosa, o partido propôs ao vereador o desligamento espontâneo tendo como contrapartida a garantia da não reclamação do seu mandato. Foram feitas algumas conversas, mas o vereador se manteve irredutível não dando alternativa, senão, a instauração de uma comissão de ética para tratar das especificidades da situação, como peça aditiva da formalização do processo legal de expulsão, que nesse caso desobriga o partido da retomada de acordo amigável proposto anteriormente para a resolução do problema.

Sem mais para o momento, o PCdoB saúda a população caruaruense e das adjacências, e reafirma a sua cumplicidade com as lutas libertárias por um país democrático, justo e inclusivo.

Assinado projeto que anistia multas aplicadas a partidos

Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta semana, o projeto de lei que anistia multas aplicadas a partidos políticos, com um veto. Esta é a primeira vez desde 1995 que um presidente autoriza o cancelamento deste tipo de punição às siglas. A lei 13.831 será publicada no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira, 20. O prazo para a sanção terminava nesta sexta. A estimativa é de que essa anistia possa chegar a R$ 70 milhões, valor dos débitos dos diretórios municipais de quase todas as legendas com o Fisco.

A nova lei altera a Lei dos Partidos Políticos e, dentre outros pontos, estabelece que as siglas que não tenham aplicado o mínimo de 5% das verbas do Fundo Partidário para promover a participação política das mulheres entre 2010 e 2018, mas que tenham direcionado o dinheiro para candidaturas femininas não poderão ter suas contas rejeitadas ou poderão sofrer qualquer outra penalidade.

A legislação atual determina que os recursos do Fundo Partidário devem ser aplicados na criação e na manutenção de programas de promoção e difusão da participação política das mulheres.