17 de junho de 2019

Emprego

Confira as vagas de emprego disponíveis nesta terça-feira (4)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta terça-feira (4) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Confira as vagas de emprego disponíveis nesta quarta-feira (28)

A Agência do Trabalho está com vagas de emprego abertas para esta quarta-feira (28) em Caruaru, Bezerros e Santa Cruz do Capibaribe.

Em Caruaru, a Agência do Trabalho fica na rua Padre Antônio Tomáz, número 127, no Bairro Maurício de Nassau. O atendimento é das 7h às 13h (horário local). O telefone para contato da Agência do Trabalho é o (81) 3719-9480.

Em Bezerros, a agência do trabalho fica na Rua da Matriz, número 126, no Bairro Rosário. Atendendo das 7h às 13h (horário local). O telefone para contato é (81) 3728-6668.

Procuradoria-Geral de Pernambuco abre concurso público com 88 vagas para área administrativa

A Procuradoria-Geral de Pernambuco (PGE-PE) publicou, nesta segunda-feira (26), no site wwwpge.pe.gov.br, o edital do primeiro concurso público a área administrativa da instituição. São oferecidas 88 vagas. As inscrições começam no dia 4 de dezembro, seguem até 3 de janeiro de 2019 e devem ser feitas pela internet.

Entre as vagas disponibilizadas, são 20 para analista judiciário, 28 para analista administrativo e 40 para assistente, além de formação de cadastro reserva.

A remuneração dos cargos de nível superior é de R$ 3.880,33, com jornada de 40 horas semanais. O salário para analista judiciário é de R$ 2.263,79, para jornada de 40 horas semanais.

Para se cadastrar, os interessados devem entrar no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), responsável pela organização e realização do certame.

As provas são aplicadas no Recife, nos dias 7 de abril, para candidatos de nível superior, e 14 do mesmo mês, para os inscritos no nível médio. Todos devem fazer testes objetivos e os candidatos aos cargos de nível superior são submetidos a questões discursivas.

O resultado final deve ser divulgado em maio de 2019. O concurso tem validade de dois anos, prorrogável por igual período.

Exigências

Para o cargo de analista judiciário de procuradoria, podem se inscrever candidatos graduados em direito e com inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Para assistente de procuradoria, é necessária conclusão do ensino médio ou de curso técnico.

O cargo de analista administrativo é subdividido em quatro especialidades: calculista, engenharia, gestão pública e recursos humanos.

Os candidatos para o cargo de calculista devem ter graduação em ciências contábeis, economia, administração, engenharia, matemática ou estatística.

Para engenharia, é exigida formação superior em engenharia civil ou arquitetura. Também é necessário ter registro na entidade representativa de cada categoria.

Para getsão pública, os organizadores cobram formação superior ciências contábeis, economia, administração, direito ou engenharia. Em recursos humanos, é preciso ser graduado em administração, psicologia ou pedagogia.

G1 PE

Confira as 262 vagas de emprego ofertadas pela Agência do Trabalho nesta terça-feira (27)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta terça-feira (27) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Confira as 456 vagas de emprego ofertadas pela Agência do Trabalho nesta sexta-feira (23)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta sexta-feira (23) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Novo concurso público da Prefeitura de Petrolina terá 370 vagas

A Prefeitura de Petrolina lançou nesta quarta-feira (21) dois novos editais para concursos públicos, que juntos, somam 370  oportunidades em diversos níveis de escolaridade. Um dos editais oferece 334 vagas voltadas à área da Saúde e também para profissionais que deverão atuar no âmbito da Administração Municipal.

Há vagas para médicos, auditor fiscal I, enfermeiro, odontólogo, farmacêutico, auxiliar de laboratório, assistente social, bibliotecário, museólogo,  técnico agrícola, técnico em laboratório, técnico de enfermagem,  entre outras. O segundo edital apresenta 36 vagas para o cargo de professor de Libras e Braile para Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação.

As duas seleções serão organizadas pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe) e as inscrições poderão ser feitas, exclusivamente, pelo site www.upenet.com.br entre os dias 28 de novembro e 5 de janeiro de 2019. O secretário de Gestão Administrativa de Petrolina, Henrique Guerra, lembra que estes dois novos editais se somam às 450 vagas abertas recentemente na área da Educação e que um novo certame deve ser divulgado, em breve, para a Guarda Municipal.

“Estes concursos públicos fazem parte de um compromisso do prefeito Miguel Coelho em melhorar o serviço público na cidade. São seleções importantes, que juntas, vão oferecer mais de 800 vagas de trabalho na cidade, uma vez que, uma nova seleção da Guarda Municipal também será publicada ainda este ano”, ressalta.

Todos os detalhes das seleções estão disponíveis aos candidatos no site da organizadora: www.upenet.com.br.

Confira as vagas de emprego ofertadas pela Agência do Trabalho nesta quinta-feira (22)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta quinta-feira (22) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Confira as vagas de emprego ofertadas pela Agência do Trabalho nesta terça-feira (20)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta terça-feira (20) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Confira as 207 vagas de emprego ofertadas pela Agência do Trabalho nesta segunda-feira (19)

A Agência do Trabalho de Pernambuco divulgou o seu quadro de oportunidades de emprego. Confira as vagas disponíveis nesta segunda-feira (19) em todo estado de Pernambuco.

Como concorrer

Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pela Agência do Trabalho, é necessário comparecer a agência do trabalho mais próxima de você ou se cadastrar no site informado no quadro acima. Os endereços de todas as Agencias do Trabalho do Governo do Estado você encontra AQUI.

Desemprego é maior entre nordestinos, mulheres e negros, divulga IBGE

A taxa de desocupação no Brasil caiu para 11,9% no terceiro trimestre de 2018, mas chega a 14,4% na Região Nordeste, a 13,8% para a população parda e a 14,6% para a preta – grupos raciais definidos na pesquisa conforme a declaração dos entrevistados. Quando analisado o gênero, as mulheres, com 13,6%, têm uma taxa de desemprego maior que a dos homens, de 10,5%.
Os dados foram divulgados hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa consta na Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnad Contínua Tri). É considerada desocupada a pessoa com mais de 14 anos que procurou emprego e não encontrou.
Quatro estados do Nordeste estão entre os cinco com maior desemprego: Sergipe (17,5%), Alagoas (17,1%), Pernambuco (16,7%) e Bahia (16,2%). Apesar disso, a maior desocupação verificada no terceiro trimestre de 2018 foi no Amapá, onde o percentual chegou a 18,3%.
A Região Sul tem a menor taxa de desocupação do país, com 7,9%, e Santa Catarina é o estado com o menor percentual, de 6,2%. No trimestre anterior, a Região Sul tinha taxa de desocupação de 8,2% e o Nordeste, 14,8%.
Do contingente de 12,5 milhões de pessoas que procuraram emprego e não encontraram, 52,2% eram pardos, 34,7% eram brancos e 12% eram pretos. Tais percentuais diferem da participação de cada um desses grupos na força de trabalho total: pardos (47,9%), brancos (42,5%) e pretos (8,4%).
O IBGE informou ainda que, no terceiro trimestre de 2018, o número de desalentados somou 4,78 milhões de pessoas. O contingente ainda está próximo dos 4,83 milhões contabilizados no segundo trimestre, o maior percentual da série histórica. O IBGE considera desalentado quem está desempregado e desistiu de procurar emprego.
O percentual de pessoas desalentadas chegou a 4,3% e tem sua maior taxa no Maranhão e em Alagoas onde chega a 16,6% e 16%. O Maranhão também tem o menor percentual de trabalhadores com carteira assinada (51,1%).
No terceiro trimestre deste ano, 74,1% dos empregados do setor privado tinham carteira assinada, percentual que ficou estável em relação ao trimestre anterior.
Além de ter a menor taxa de desemprego do país, de 6,2%, Santa Catarina também tem o menor percentual de desalentados, de 0,8%, e o maior percentual de trabalhadores com carteira assinada, de 88,4%.
A taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil foi de 24,2%, o que representa 27,3 milhões. Esse número soma quem procurou emprego e não encontrou, quem não procurou, quem procurou e não estava mais disponível para trabalhar e quem trabalha menos de 40 horas por semana e que gostaria de trabalhar mais.
A população ocupada somou 92,6 milhões de pessoas. Esse total tem 67,5% de empregados, 4,8% de empregadores, 25,4% de pessoas que trabalharam por conta própria e 2,4% de trabalhadores familiares auxiliares.