Câmara Municipal de Caruaru recebe produtor do Viva Vitalino

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A convite do presidente da Câmara Municipal de Caruaru, Lula Tôrres (PSDB), o produtor cultural Antonio Preggo participará da reunião ordinária na Casa Jornalista José Carlos Florêncio, agendada para as 16h desta terça-feira (12). A motivação da presença dele se dá devido à falta de recursos para a realização do Viva Vitalino, projeto criado em 2014 para lembrar o nascimento do Mestre Vitalino e de outros artistas de relevância que deram sua contribuição nos mais variados segmentos da cultura e que deixaram o seu legado. A comunidade do Alto do Moura, palco do evento, poderá ficar sem a festa diante das dificuldades financeiras enfrentadas pelos seus idealizadores.

Além de Antonio Preggo, também foram convidados Rubens Júnior, presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru; Valeria Saboia, titular do Fórum Setorial de Agentes Culturais, Trabalhadores da Cultura e Produtores Culturais do Conselho Municipal de Política Cultural de Caruaru; Pe. Everaldo Fernandes, representante da Pastoral da Cultura da Diocese de Caruaru e um dos idealizadores do evento; e Breno Nascimento, coordenador de Linguagem de Artesanato da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). Ainda marcarão presenças também como apoiadores do projeto os vereadores Pierson Leite (PSD), Daniel Finizola (PT) e o Pb. Andrey Gouveia, presidente e membros da Comissão de Educação, Cultura e Esportes. Além dos demais parlamentares eu compõem o Poder Legislativo.

O Viva Vitalino se prepara para o seu sexto desfile nas ladeiras do famoso bairro, internacionalmente conhecido, por ser um grande atelier da arte figurativa deixada por Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino, que se vivo estivesse completaria 110 anos no dia 10 de julho. A próxima edição deverá acontecer no último domingo de julho (dia 28), após a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), em Olinda, e da Missa do Vaqueiro, em Serrita, uma vez que os três eventos atraem o mesmo público.

Mesmo diante de tanta dedicação e faltando apenas quatro meses para o projeto ser concretizado, até agora o Viva Vitalino não tem apoio financeiro, o que impossibilita a sua realização. “Estaremos no Poder Legislativo, na Casa do Povo, exatamente para explanar a importância cultural que tem o evento, bem como para manter viva a arte do barro, que tanto orgulha o nosso povo. Sem falar que é a fonte de renda para centenas de famílias”, enfatizou Antonio Preggo. Ele lembra que das cinco edições passadas, apenas a última contou com o apoio do Governo do Estado, através da Fundarpe e do Funcultura. Mas, diante de uma mudança nessa última lei, evento do porte do realizado em Caruaru não é mais contemplado a partir da sua sexta edição. “Infelizmente nos encaixamos nesse critério. É preocupante chegarmos ao profissionalismo que mostramos no ano passado e justamente agora regressarmos para a estaca zero”, lamentou o produtor, ao adiantar que o grande homenageado será o artesão Severino Vitalino, filho do maior mestre do barro e que faleceu no dia 7 de janeiro deste ano, aos 78 anos, em decorrência de parada cardiorrespiratória. O artesão era o maior incentivador do projeto, do qual participava ativamente.

De acordo com Antonio Preggo serão várias as manifestações culturais que marcarão presença na Câmara de Vereadores, a exemplo do Ponto de Cultura Boi Tira Teima, comandado por Roberto Gersino e que participa do Viva Vitalino desde a primeira edição. Também confirmou presença o presidente da Associação dos Artesãos em Barro e Moradores do Alto do Moura (Abamam), Ademir Antônio, bem como de familiares do Mestre Vitalino. “Embora alguns parlamentares conheçam o evento, preparamos um vídeo mostrando uma retrospectiva do projeto e o quanto ele vem crescendo, especialmente com o apoio da mídia”, finalizou o produtor, com a esperança de ter o Viva Vitalino abraçado por órgãos públicos na garantia de não vê-lo sendo morto e enterrado.

 

Blog do Alberto Alves
Confira: www.blogdoalbertoalves.com.br

Comentários