Artigo: “Direitos humanos e defesa de seres desumanos”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

É lamentável sempre que acontece uma ação ou reação por parte da força policial em defesa da sociedade, nós ouvirmos nas mídias cartas ou notas oficiais de instituições que se dizem representantes dos direitos humanos, mas que seres humanos eles estão defendendo?
Será que é humano, nós vermos casos como os canibais de Garanhuns, que matavam pessoas e vendiam sua carne em coxinhas e se alimentavam delas como canibais? Será que essas pessoas são humanas? Esses seres que estupram, matam, agem com grande violência e brincam com as vidas alheias, podem ser chamados de seres humanos? Aqueles que dedicam sua vida a caçar e matar policiais, podem ser considerados humanos? Será que não perderam as características e a essência para ser intitulados assim? É no mínimo revoltante ver essas instituições defenderem esses seres que comentem atrocidades e não as pessoas que obedecem às leis.
É sempre válido relembrar que as forças policiais são a primeira barreira entre a marginalidade e os cidadãos de bem, como eu e você que está lendo este texto. As Polícias precisam ser mais respeitadas e os ditos defensores dos direitos humanos devem também fazê-lo. O que entristece este cidadão que vos escreve é ver casos como os defensores dos direitos humanos da paraíba que em nota oficial veiculada na mídia, escrevem 60 linhas tentando denegrir a imagem das polícias e lamentam a morte de seres foras da lei e em apenas 3 linhas falam da morte do policial militar que estava em serviço quando foi cruelmente assassinado.
A inversão de valores é tamanha, será que não é lembrado que aquele policial é um ser humano que sai de sua casa todos os dias, veste uma farda, deixa sua família e vai para as ruas defender a sociedade do submundo do crime. Aí é que está discrepância desta dita defesa dos direitos humanos, para os não mais humanos contra aqueles que ainda são humanos, que escolhem uma profissão difícil, importante e honrosa. As instituições de defesa dos direitos humanos têm que rever seus conceitos e posições perante a verdadeira definição do que é ser humano.

Por Licius Cavalcante

Comentários